Sobre a lua



O que é apreciado pelos olhos só é sentido
E apenas faz sentido quando contemplado pela alma.
A verdadeira beleza está para além do olhar.

A lua não é majestosa por ser meramente lua.
Poderíamos ver a lua todos os dias e nada sentir
Passar por ela e sequer admirar a sua lindeza.
Porém, a sua essência é o que a torna tão admirável.

Quando é noite
Ela é luz a iluminar a escuridão
Clareando os caminhos
Reluzindo olhares e corações.

Quem poderia imaginar ou criar tal 'maravilheza'?
Só Ele.

A lua em sua formosura infinda traduz um pedacinho da glória de Deus.