Esse Tempo




"Como flor de algodão que o vento leva
Ele caminha a passos lentos
No compasso de reviver a memória
A aumentar o que ainda não remove.

Como flor de algodão que o vento leva
Ele passa por mim leve
Em ritmo de calmaria
Na calma de quem está certo de si.

Como flor de algodão que o vento leva
Ele voa sereno
A perpassar os espaços
Em busca de pousar na sua mão."