Lacunas



"Talvez
Esteja entre pensamento e outro
Em meio a neurônios
Nas fendas.
Entre Palavras 

Num silencioso respirar
No não dito.

Quem sabe entre notas

Em ritmo doce
Na melodia.

Entre
 folhas
No embalar do vento
Nas árvores.

Talvez habite entre versos

No espaço que lhe cabe como uma luva
Nas entrelinhas.

Entre nuvens

No pedacinho anil
No céu.

Quem sabe esteja entre os dedos

Na fração oculta
Nas mãos.

Entre 
lugares
Nas percepções do olhar
Nos espaços."