Ouvindo No Silêncio

"...É só fechar os olhos e perceber, antes que se estabeleça, é possível ouvi-lo..." 

“No Calar
Percebo a Falta
A ausência de Vozes, de Palavras
Que não foram ditas
De Tons, de Sons
Que não foram entoados
De Letras, de Notas
Que não foram dedicadas
Posso sentir a Falta
No vazio deste Silêncio

Este pode até persistir
Contudo
Nele não há ponto final
Ficamos a tentar imaginar
O que ele quer nos falar
O silêncio não diz
Somente deixa reticências
E delas se espera
A continuação."