De Volta Aos Trilhos


“Passa o trem
O tal do tempo
Na janela
A imagem em movimento

O tempo arrasta o trem
Para fora dos trilhos
Que segue célere
Mas vagarosamente no tempo

Esse trem que leva o tempo
Leva tempo, mas percebe
Que mesmo sendo particulares
São apenas um

O tempo é trem
O trem é o tempo
Que continua
Mesmo quando o trem para

Trem não dá ré, tempo não volta
Nesse caso
O trem não para
Mas o tempo volta para os trilhos.”